Vídeos | Como Perder Peso com HQI

30/05/2016 - 10:55 Por:

Categoria(s): Arte, Curiosidades, Cursos, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Qualidade de Vida, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

Olá pessoa!

Convidamos para assistir ao depoimento de Márcia Cristina Oliveira que conseguiu perder peso com a prática da Homeostase Quântica Informacional:

https://www.youtube.com/watch?v=517hp5eUzks

Para mais informações, assista também o vídeo que explica e lhe convida para praticar essa metodologia:

https://www.youtube.com/watch?v=5V0U56fgwww

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Interlúdio | Cecília Meireles

25/05/2016 - 10:07 Por:

Categoria(s): Arte, Poesia, Reflexão, Sem categoria

LadoAbstrato

Interlúdio
(Cecília Meireles)

As palavras estão muito ditas
e o mundo muito pensado.
Fico ao teu lado.

Não me digas que há futuro
nem passado.
Deixa o presente — claro muro
sem coisas escritas.

Deixa o presente. Não fales,
Não me expliques o presente,
pois é tudo demasiado.

Em águas de eternamente,
o cometa dos meus males
afunda, desarvorado.

Fico ao teu lado.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Curso em Campinas: Como perder peso com HQI

23/05/2016 - 9:43 Por:

Categoria(s): Cursos, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Qualidade de Vida, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

cursoperderpesoHQI_GeroVida

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Vômitos

20/05/2016 - 11:00 Por:

Categoria(s): Dicas, Doenças e problemas de saúde, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

vômitoÉ uma contração violenta do estômago, expulsando alimentos e líquidos pela boca.

Causas: Intoxicação por alimentos, infecções internas, obstrução do intestino, febres altas, apendicite, enjoo de viagens, gravidez, úlcera gastroduodenal, cálculos biliares, labirintite e a meningite.

O maior cuidado se deve ter quando forem vômitos com sangue para descobrir logo a causa e tratar imediatamente.

Tratamento:
- combata as causas;
- aplicar argila com o chá-mil-homens sobre o estômago e intestinos e deixar por 2 a 3 horas;
- fazer compressas sobre o abdômen com um pano embebido com álcool;
- tomar suco puro de maçã.

Plantas indicadas: alfavaca, erva-macaé, santos-filhos, hortelã, limão-taiti, salsa.

Do livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p. 284-285.

Caro leitor, nosso blog se preocupa com a saúde e o bem estar de todas as pessoas. Desenvolvemos um trabalho na área de terapias complementares, porém gostaríamos de salientar que qualquer tratamento aqui sugerido não dispensa uma orientação médica ou qualquer orientação na área que você esteja precisando. Isto significa que os tratamentos com argila terapêutica e outros devem complementar o tratamento já realizado, mantendo sempre o acompanhamento médico. Além disto, sugerimos que aquelas pessoas que já estão em tratamento e que resolvam usar algum tratamento complementar, que comuniquem o profissional que acompanha seu caso.
Atenciosamente,
Equipe GeroVida
OBS. 1: Não realizamos orientações de tratamentos à distância. O ideal é procurar um terapeuta pessoalmente para receber as informações para o seu caso e depois será possível dar seguimento ao tratamento em sua residência.
OBS. 2: Damos cursos à distância sobre terapias complementares e gerontologia. Os interessados deverão acessar o link: http://www.gerovida.com.br/gerontologia/produto/cursos/curso-argila-terapeutica.htm

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Curso: Homeostase Quântica Informacional para Jovens

18/05/2016 - 9:58 Por:

Categoria(s): Cursos, Doenças e problemas de saúde, Educação, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

Curso: Homeostase Quântica Informacional para Jovens

fisica-quantica-e-lei-de-atracaoEste curso busca a compreensão de como adquirir saúde emocional, mental e física com a prática da HQI e promover a possibilidade de maior equilíbrio na vida. O conteúdo é abordado de forma científica, simples e acessível.

Participe!
Dias 23/06 e 02/07, das 14:30 às 18:30h.
Local: Colégio PEQ II, Biritiba Mirim, SP.
Informações e inscrições: (11) 4692.2248

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Corpo Ativo – Mente Desperta

16/05/2016 - 10:56 Por:

Categoria(s): Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Reflexão, Sem categoria, Sugestão de leituras

Sugestão de Leitura 213

livrocorpoativoTítulo: Corpo Ativo – Mente Desperta
Autores: John J. Ratey e Eric Hgerman
Editora: Objetiva
Ano: 2012

Tendo como base ciência de ponta e estudos de caso, a obra demonstra e explica como e por que a influência do exercício físico é fundamental no modo de pensar e sentir. Bem como mostra que mesmo uma atividade moderada estimula os circuitos mentais. O livro explora a conexão entre mente e corpo e defende que o exercício é uma das armas mais eficientes para o bom funcionamento do cérebro humano.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Palestras | GeroVida

13/05/2016 - 10:46 Por:

Categoria(s): Dicas, Gerontologia, Palestras, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

palestras

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Os pés do idoso

11/05/2016 - 11:00 Por:

Categoria(s): Gerontologia

 pésidosoConsiderando os pés estruturas fundamentais para a deambulação e, consequente, independência no deslocamento e preservação da qualidade de vida, faz-se então necessário entendimento sobre as transformações que podem ocorrer nesta região.
Com o processo do envelhecimento, alterações nas estruturas anatômicas e fisiológicas podem afetar os pés. Os pés alargam-se e perdem o coxim plantar. O arco longitudinal modifica-se gradativamente a partir do progressivo enfraquecimento das estruturas ligamentares. Ressalta-se que o arco longitudinal é importante e possibilita uma adequada distribuição do peso corporal sobre os pés durante a marcha.
Determinadas condições podológicas podem comprometer a integridade das unhas, da pelo, dos nervos, dos vasos e das estruturas ósseas dos pés. Esses fatores podem gerar dor. A dor no pé é comum nos idosos e tem uma repercussão desfavorável sobre a mobilidade, com andar dificultado e desequilibrado, afetando o desempenho ao realizar as atividades de vida diária e a preservação da capacidade funcional.
Para identificar patologias é necessário avaliação de um profissional especializado que fará anamnese sobre presença de dor, frequência e duração, associação com temperatura e atividade realizada, etc.. O contexto clínico e a radiografia resultarão em um diagnóstico preciso. Lembre-se de que muitos problemas podem ser evitados, com prevenção associada ao diagnóstico e tratamento precoces.

“Algumas das mais frequentes alterações nos pés que ocorrem com o envelhecimento decorrem de patologias sistêmicas. Comprometimentos dermatológicos e musculoesqueléticos no pé, associados ao envelhecimento ou a fatores físicos (caminhar inadequado, obesidade) podem comprometer a qualidade de vida, e modificações na sensibilidade e na cor ou temperatura do pé podem indicar a presença de doença crônica, como o diabetes melito. Portanto, a avaliação atenta dos pés deve fazer parte de cada exame inicial do paciente. Dor, prurido, rubor e palidez são indícios que justificam maiores investigações. Já que certas patologias micóticas podem conduzir à perda da perna, infecção tais como onicomicoses devem ser tratadas adequadamente e em locais apropriados.” (Pinto, 2011, p.1177-1178)

Referência:
Maurílio José Pinto. Os Pés do Idoso e suas Repercussões na Qualidade de Vida. In: FREITAS, E. V. Tratado de Geriatria e Gerontologia, 3 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, cap.103, pp.1169-1178, 2011.

Por: Roberta dos Santos Tarallo.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Agenda Atualizada | Eventos Maio a Junhoo

9/05/2016 - 11:56 Por:

Categoria(s): Cursos, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Gerontologia, Jogos, Palestras, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

agenda-gerovida-maio2016

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Artes marciais para idosos

6/05/2016 - 11:34 Por:

Categoria(s): Gerontologia, Qualidade de Vida, Sem categoria

artesmarciaisidosoVeja indicações, benefícios e cuidados
Contribuição enviada por Daliane Batista Cardoso*

Com a idade, costumam chegar também dores e problemas de saúde. Muitas pessoas podem achar que esse é um aviso para se movimentar o mínimo possível, para evitar o desconforto e as lesões, mas o recomendado é justamente o contrário: evitar o sedentarismo. As artes marciais para idosos são excelentes atividades para combater esse mal. Elas trazem uma série de benefícios às pessoas da terceira idade, desde físicos a mentais.

Cuidados e recomendações
Estima-se que cerca de 10 milhões de pessoas em todo o Brasil sofram de osteoporose, uma condição que enfraquece os ossos da pessoa, tornando-os finos e frágeis. A ocorrência da osteoporose é muito maior em idosos. Somando isso ao fato de que, em idade avançada, o equilíbrio e a força muscular da pessoa diminuem, a queda passa a ser um grande risco para quem chegou à terceira idade. Uma pisada em falso em um degrau pode fazer o idoso cair e se machucar feio – um acidente que, em um jovem, não causa grandes consequências. Por isso são indicadas artes marciais para idosos, pois trabalham tanto conceitos de equilíbrio quanto de condicionamento físico, essenciais para reduzir o risco de quedas. Mas seja qual for o exercício, deve-se sempre tomar muito cuidado. Os idosos precisam ser orientados por profissionais que compreendam a sua condição, portanto o recomendado é que as aulas sejam específicas para pessoas da terceira idade, pois o ritmo é completamente diferente. A prioridade deve ser por modalidades de baixo impacto, diminuindo assim a chance de acontecer alguma lesão.

Pesquisa
Esses argumentos têm embasamento científico. De acordo com uma pesquisa publicada no periódico BMC Research Notes, realizada por especialistas do hospital Sint Maartenskliniek, na Holanda, as artes marciais para idosos são indicadas para prevenir, de fato, os riscos da osteoporose. De acordo com os estudiosos, esse tipo de exercício ajuda a reduzir a força do impacto do quadril em caso de quedas. Isso porque, em muitas das modalidades de artes marciais, o praticante aprende a cair corretamente. Ou seja, na iminência de uma queda, a pessoa está preparada para rolar e proteger a cabeça e outras partes do corpo, reduzindo o impacto e a chance de possíveis lesões.

Modalidades 
A principal arte marcial que trabalha essa ideia da queda “correta” é o judô. Ele busca o desenvolvimento da inteligência corporal, sendo útil para o idoso também por proporcionar a ele mais independência na realização de tarefas que antes eram muito custosas. Ainda são fortalecidos os músculos e ossos do praticante. Além do judô, a principal das artes marciais para idosos é o tai chi chuan. Essa modalidade foi eleita pela Harvard Medical School como a melhor para a terceira idade. Isso porque é uma mistura de arte marcial com movimentos de meditação. Dessa maneira, o tai chi chuan é um exercício de baixo impacto, no qual a pessoa trabalha o conhecimento corporal, flexibilidade e ainda o relaxamento. Os seus movimentos lentos trazem uma série de benefícios também para a mente, além de reduzir dores da artrite, promover a saúde do coração e reduzir a hipertensão.

Fonte: Site Vivo Mais Saudável (28/07/2014)
* Educadora física, parceira da GeroVida no envio de artigos para o blog.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Page 1 of 17512345...102030...Ultima página »