Hilda Hilst | Sem título

28/09/2016 - 9:27 Por:

Categoria(s): Poesia, Reflexão

abstrato

Lobos? São muitos.
Mas tu podes ainda
A palavra na língua
Aquietá-los.

Mortos? O mundo.
Mas podes acordá-lo
Sortilégio de vida
Na palavra escrita.

Lúcidos? São poucos.
Mas se farão milhares
Se à lucidez dos poucos
Te juntares.

Raros? Teus preclaros amigos.
E tu mesmo, raro.
Se nas coisas que digo
Acreditares.

(Hilda Hilst)

Referência:

Júbilo, Memória, Noviciado da Paixão
São Paulo, Massao Ohno, 1974

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Palestra de HQI em Aracaju

26/09/2016 - 8:57 Por:

Categoria(s): Homeostase Quântica Informacional, Palestras, Reflexão, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

palestraaracaju

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Livro: Pessoa Idosa Dependente

23/09/2016 - 10:20 Por:

Categoria(s): Gerontologia, Sugestão de leituras

Sugestão de leitura 2018

pessoaidosadependentePESSOA IDOSA DEPENDENTE: Políticas Públicas de Cuidados Intermediários ao Idoso no Brasil e a Atuação do Ministério Público

Autora: Iadya Gama Maio
Ano: 2016
Editora: Juruá
Sinopse: Esta publicação traz uma abordagem investigativa acerca do envelhecimento populacional nas sociedades contemporâneas e sobre a responsabilidade pelo cuidado em diferentes países. Apresenta uma análise das opções de políticas assistênciais voltadas à pessoa idosa, existentes no Brasil e, ainda, o papel institucional do Ministério Público (MP) como fomentador de políticas públicas e garantidor dos direitos sociais dessa parcela da população.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Palestras | GeroVida

21/09/2016 - 8:44 Por:

Categoria(s): Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Ervas Medicinais, Fita Funcional, Gerontologia, Homeostase Quântica Informacional, Jogos, Palestras, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

rp_palestras-723x1024.png

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Fragilidade na Velhice

19/09/2016 - 10:24 Por:

Categoria(s): Gerontologia

fragilidade-idoso“Caracteriza-se por diminuição das reservas de energia, desregulação neuroendócrina, declínio da função imune e redução da resistência aos estressores. Relaciona-se de forma robusta com risco para morte em prazo relativamente curto, doenças crônicas, incapacidades, quedas e necessidade de institucionalização.”
Com vistas a explicar as conduções relacionadas ao envelhecimento não saudável, muitos estudos vêm sendo realizados desde os anos de 1990.
Nos Estados Unidos, um grupo liderado por Linda M. Fried definiu cinco critérios referenciados à fragilidade: 1) perda de peso não intencional no último ano; 2) fadiga; 3)baixa força de preensão; 4) lentidão ao caminhar; 5) baixa taxa de gasto energético semanal em exercícios físicos e atividades domésticas.
A presença de um ou dois critérios indica que a pessoa é pré-frágil e três ou mais características do fenótipo significam fragilidade.
A fragilidade tem origem em variações gênicas expressas em oxidativo, encurtamento dos telômeros, danos ao DNA, e sofre efeitos acumulados ao longo da vida. Inatividade, sarcopenia, anorexia, osteopenia, declínio cognitivo, incapacidade e doenças (inflamatórias) crônicas são indicadores de vulnerabilidade.
Sendo assim, a fragilização é um processo acumulativo, multifatorial e multideterminado que se expressa no tempo, ao longo dos anos. As oportunidades sociais, o estilo de vida, as atitudes e hábitos culturais, a personalidade e o nível de escolaridade.
O Estudo Fibra (Fragilidade em Idosos Brasileiros) evidenciou que entre os frágeis, havia mais viúvos, analfabetos, com menos instrução formal e com baixa renda; sugerindo que as variáveis socioeconômicas podem tornar mais provável a emergência de fragilidade. Além disso, a pesquisa mostrou que as maiores freqüências de indivíduos com perda ponderal, fadiga, baixa força de preensão, lentidão de marcha e inatividade física ocorreram entre idosos viúvos.
Ressalta-se que entender sobre o assunto visando às possibilidades de adaptação e a diminuição dos riscos em desenvolver a fragilidade é imprescindível. Evitar ou adiar a transição da condição de pré-fragilidade para a de fragilidade se faz necessário tanto para a pessoa e a família, quanto para a comunidade e nações a pouparem recursos materiais e humanos, bem como a promoverem o bem-estar e a qualidade de vida.

Referência:
Anita Liberalesso Neri. Fragilidade. Palavras-chave em Gerontologia. Editora Alínea, Ed.4, pp.166-176, 2014.

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Cursos à distância

16/09/2016 - 11:11 Por:

Categoria(s): Cursos, Gerontologia, Homeostase Quântica Informacional, Sem categoria

Cursos disponíveis:
- Curso Como montar uma Casa de Repouso para idosos;
- Curso Como montar um Centro-Dia para idosos;
- Curso básico de Argila Terapêutica;
- Curso básico de Gerontologia e Cuidado de idosos;
- Curso Como estimular a memória de idosos.
E muito mais!
Acesse www.gerovida.com.br

eadgerovida

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Cavalinha

14/09/2016 - 9:36 Por:

Categoria(s): Dicas, Doenças e problemas de saúde, Ervas Medicinais, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

cavalinhaNome científico: Equisetun arvense
Indicações: trato urinário e vias respiratórias; combate tuberculose, prostatite, colite, ajuda a eliminar cálculos renais, combate incontinância urinária, gastrite, úlceras do estômago e intestino. É remineralizante.
Poder curativo: 48%.

Fonte: Livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p.103.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Curso | Capacitação para estímulos à memória de idosos

12/09/2016 - 12:07 Por:

Categoria(s): Cursos, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Gerontologia, Sem categoria

cursomemoria

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Os mistérios da corrida

9/09/2016 - 12:33 Por:

Categoria(s): Dicas, Qualidade de Vida, Sem categoria

Contribuição enviada por Daliane Batista Cardoso*

corridaflashNão há dúvida de que a corrida proporciona um prazer inexplicável. Em pouco tempo após iniciar, percebe-se os efeitos: uma sensação de serenidade, força e de estar no controle da própria vida. Também não é novidade que o estímulo de substâncias no corpo inegavelmente acontece.
Salvo alguma restrição grave, é raro encontrar um corredor, por mais ocupado que esteja, que cogite a ideia de renunciar a atividade.
Com mais frequência, acontece justamente o inverso: alguém que corre 5 ou 6 km por dia, com o passar do tempo, acaba dobrando sua quilometragem. Em função disso, torna-se difícil explicar o fenômeno da corrida simplesmente como busca da saúde e capacitação física. Há outras razões misteriosas em jogo, pois a boa saúde pode ser facilmente adquirida sem maiores esforços na vida da pessoa. Para obter tais benefícios, seriam suficientes 20 a 30 minutos por dia, quatro dias por semana. Então, por que as pessoas correm 10, 15 ou mais quilômetros por dia, com calor, frio ou chuva mesmo sabendo que jamais se tornarão destacadas no esporte?
Ninguém precisa correr grande distância para provar que é corredor. O segredo para ter vida longa na corrida é divertir-se. Não importa se tiver de correr muito, pouco, trotar ou caminhar. O importante é ser persistente e seguir em frente com prazer. Com o passar do tempo, cada pessoa, do seu jeito, irá descobrir porque calça o tênis e sai correndo pelas ruas. Chega ao ponto que para alguns, pode ser a maratona a realização desejada. Para outros, basta terminar suado e feliz a corridinha de 3 km. Muitos acreditam que a meia maratona seja o dobro da diversão. Mas ainda são os 10 km que fascinam a grande “massa” de corredores. Tem ainda a “porta de entrada” dos 5 km, que estampa o sorriso e brilha os olhos do iniciante. Ninguém está errado.
A resposta certa é diferente para cada uma delas. Descobrir a distância perfeita, o jeito mais agradável de correr é uma atribuição de cada um. De uma coisa todos têm certeza, se é difícil começar a correr, é ainda muito mais difícil ficar sem correr depois que se torna um corredor.

Fonte: Matéria publicada no site Correio de Uberlândia.
* Educadora física, parceira da GeroVida no envio de artigos para o blog.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Curso: HQI para uma Vida Saudável

5/09/2016 - 8:58 Por:

Categoria(s): Cursos, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Gerontologia, Homeostase Quântica Informacional, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

cursoHQIset2016

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Página 1 de 18012345...102030...Ultima página »