Ter uma ideia exata de si mesmo e de suas possibilidades

23/02/2011 - 14:14 Por:

Categoria(s): Reflexão

Especialmente ao começar a viver.

Todos têm elevados pensamentos de si mesmos, especialmente os que têm menos motivos para isso.

Cada um imagina sua sorte e sonha com um prodígio.

Alimenta imensas esperanças, mas na prática nada consegue.

A vã imaginação é castigada com a decepção da realidade.

Pode-se desejar o melhor, mas sempre se deve esperar o pior para aceitar com tranquilidade o que vier.

A habilidade está em olhar para o mais alto, mas sem que seja um desatino.

Esse ajuste de ideias é necessário quando se começa um emprego: a vaidade, sem a experiência, costuma se equivocar.

A prudência é o remédio contra todas as tolices.

Cada um deve conhecer sua esfera de atividade e sua condição.

Assim poderá ajustar a imaginação à realidade.

Do livro A Arte da Prudência, de Baltasar Gracián, 2003

Indique esse artigo Indique esse artigo

Veja Também:

Por favor, Deixe um comentário aqui !