Pilates contra câncer e doenças do coração

25/11/2015 - 11:55 Por:

Categoria(s): Qualidade de Vida

Pilates é mais uma arma contra câncer e doenças do coração

Contribuição enviada por Daliane Batista Cardoso*

orientapilatesHá cerca de cinco anos, a bancária Lucimar Lopes, 56, foi diagnosticada com uma insuficiência cardíaca. Na época, o médico que a acompanhava sugeriu que ela iniciasse uma reabilitação com a técnica de Pilates para preparar o coração para uma cirurgia. “Passei a fazer o Pilates três vezes por semana e parei de cansar o tempo todo, voltei a conseguir trabalhar em casa, minha qualidade de vida melhorou e, até agora, consegui passar sem a cirurgia”, comemora, lembrando que os resultados foram percebidos pelos vizinhos e amigos. “Sou uma divulgadora desse tipo de reabilitação”, conta em tom de brincadeira. Criado nos anos 20 do século passado, o Pilates vem se mostrando uma boa ferramenta para ajudar pacientes com doenças do coração e os que lutam contra o câncer. Isso porque os pacientes costumam sofrer com a perda da massa magra e da força muscular pelo tempo que precisam ficar acamados ou em inatividade por força do uso das medicações. A perda muscular própria nessas situações costuma comprometer a funcionalidade do paciente até mais que a própria doença. A reabilitação física evita a perda da musculatura e ajuda o paciente a suportar o esforço.
Para o cardiologista Otávio Lopes Peixoto, do Hospital Ana Nery, as diversas modalidades de reabilitação, incluindo o Pilates, são úteis para pacientes cardiopatas na medida em que melhoram a qualidade de vida destes pacientes, reduzindo de forma significativa os sintomas da doença cardíaca, possibilitando ainda a redução do número de reinternações hospitalares, além de aumentar a sobrevida. “É inegável a repercussão da reabilitação nos aspectos psicológicos destes pacientes, visto que além da melhora dos sintomas cardíacos, existe também o fortalecimento da autoestima e funcionalidade social dos mesmos”, completa o médico.

Pioneirismo
De acordo com a fisioterapeuta Juliana Simon, especialista pelo Instituto do Coração (Incor/USP) num tipo de reabilitação específica para pacientes com câncer e doenças do coração e pioneira no tratamento no estado, mais que trabalhar o corpo, o Pilates voltado para a reabilitação permite que pacientes possam voltar a se movimentar com tranquilidade, devolvendo a integridade física sem desgastes. “Todas as séries de atividades são desenvolvidas para se adequar à necessidade do paciente, assim alguém com leucemia, por exemplo, não pode ter grandes gastos energéticos, então o movimento precisa respeitar isso”, esclarece, ressaltando que já os pacientes que tiveram câncer de mama ou qualquer problema ósseo precisaram centrar os seus esforços num reforço da musculatura. A reabilitação com o Pilates também respeita etapas de recuperação do paciente e pode ser usada em vários momentos do processo de tratamento, especialmente na hora de reabilitar as pessoas para suas atividades rotineiras. “Tudo é desenvolvido com base fisiológica”, esclarece. Ela destaca que mesmo respeitando as necessidades específicas, é necessário que a prática seja mantida por, no mínimo, duas vezes na semana.
Em cada sessão, mesmo quem nunca praticou atividade física regular pode aprender a realinhar a postura do corpo, melhorar a coordenação motora, aumentar a concentração, a força, flexibilidade, além de ampliar o potencial respiratório permitindo que, por consequência, também haja uma estimulação no sistema circulatório e na oxigenação do sangue, fato que estimula a imunidade.

Reforço
Maria Janildes Gomes, 62, era uma pessoa indisposta dentro de casa. Há três anos, ela luta contra uma leucemia que baixava sua imunidade e a deixava cheia de dores no corpo. “Ao contrário do que as pessoas pensam sobre leucemia, digo que a minha vida inteira sempre comi bem, trabalhava, mas era sedentária. A reabilitação duas vezes por semana mudou minha vida e, hoje, até mesmo minha filha, que começou a reclamar de cansaço quando chegava do trabalho, começou a fazer Pilates”, diz, lembrando que está se preparando para fazer um transplante de medula óssea nos próximos meses. “Retomei prazeres simples como cozinhar e isso tem sido importante”, completa, ilustrando as vantagens do tratamento fisioterápico. Nas palavras da oncologista Júlia Andrade de Oliveira, da Clínica AMO, especificamente em pacientes oncológicos, a prática de atividade física permite que eles vivam mais e melhor. “Exercícios físicos não só reduzem riscos de recidiva de neoplasia e aumentam sobrevida, como permitem uma melhor qualidade de vida, através de melhor manejo de efeitos colaterais como astenia (fraqueza muscular), artralgia e mialgia (dor em articulações e dor muscular), além de melhor controle da ansiedade e depressão, que invariavelmente surgem no paciente que recebe diagnóstico de câncer”, completa.
A médica destaca ainda que pacientes que fazem atividade física apresentam menor intensidade de efeitos colaterais com o tratamento (quimioterapia e radioterapia), conseguem se recuperar mais rapidamente de sequelas do tratamento, manter um humor mais equilibrado, melhor qualidade de sono e menor nível de estresse emocional. A cardiologista Maria Cristina Torres Cardoso, da Clínica Serviços Integrados em Medicina (SIM), destaca que antes de ser submetido a qualquer reabilitação física, é importante que o paciente passe por uma avaliação, onde além das atividades físicas, também sejam contempladas as questões nutricionais. “Obtivemos grandes melhoras em pacientes coronarianos ou com insuficiência cardíaca”, finaliza.

Fonte: Site O Correio
* Educadora física, parceira da GeroVida no envio de artigos para o blog.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Oficinas

23/11/2015 - 11:55 Por:

Categoria(s): Cursos, Palestras

Oficinas

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

O Envelhecimento e o Bem-estar Subjetivo

18/11/2015 - 11:34 Por:

Categoria(s): Gerontologia

mistersp   Bem-estar subjetivo é o senso pessoal, individual ou particular de realização e adaptação que a pessoa tem ao comparar as suas capacidades levando em conta suas expectativas e seus valores, utilizando critérios únicos e específicos.
A satisfação e os aspectos positivos e negativos da vida são componentes do bem-estar subjetivo, bem como a personalidade e os eventos momentâneos ou situações que marcam mudanças no curso de vida. Os domínios avaliados pelas pessoas geralmente são: a saúde, a memória, as relações sociais e familiares, as finanças e o ambiente.
O bem-estar sujetivo é influenciado por mecanismos de autorregulação do self, que são estratégias aprendidas de natureza afetivo-cognitiva, mediante as quais os indivíduos avaliam, julgam e monitoram a si mesmos e ao ambiente, administram reforços e punições a si mesmos, fazem previsões, planos e ações.
Estudos evidenciam que a extroversão, o otimismo e os afetos positivos estão associados a maior longevidade, a respostas mais adaptativas do sistema cardiovascular e imunológico, a mais recursos cognitivos, incluindo melhor senso de autoeficácia, a maior capacidade de solicitar apoio e suporte social e mais comportamentos de autocuidado em saúde. Por outro lado, emoções negativas como a hostilidade, a raiva e a ansiedade afetam o bem-estar subjetivo por meio de respostas fisiológicas e comportamentais.
Com o passar do tempo ocorrem variações nas avaliações de satisfação e no equilíbrio entre afetos positivos e negativos. As avaliações positivas de satisfação tendem a manter-se na velhice. Os idosos tendem a apresentar melhores avaliações de satisfação do que os jovens, possivelmente devido aos efeitos moderadores da capacidade de ajustar aspirações, anseios e metas frente aos recursos disponíveis.
Na velhice, uma adequada adaptação está ligada ao equilíbrio entre afetos positivos e negativos, à seleção e investimento afetivo e cognitivo em alvos positivos, à diminuição da intensidade e da vulnerabilidade de experiências emocionais e a melhor capacidade de vivenciar emoções mais complexas, de nomear e compreender as próprias emoções e as alheias, além de melhor selecionar parceiros sociais que representem oportunidade de conforto emocional.

Por Roberta dos Santos Tarallo

Fonte: Anita Liberalesso Neri (organizadora). Palavras-Chave em Gerontologia. Editora Alínea, 4ªed., 2014, pp. 104-110.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Cuidador de Idosos

16/11/2015 - 9:18 Por:

Categoria(s): Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Gerontologia, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria

cuidadores-de-idososCuidador – é a pessoa que oferece cuidado e/ou suporte ao idoso, desempenhando atividades relacionadas ao seu bem-estar físico, mental e social. O cuidador está capacitado para auxiliar o idoso que apresenta ou não limitações nas atividades da vida cotidiana e está apto a lidar com idosos independentes ou dependentes, acamados ou não, inclusive em estado de demência, nas diversas instâncias de atenção – comunidade, hospital, clínica, domicílio e instituição de longa permanência, bem como a relacionar-se com os seus familiares.

A GeroVida orienta que se pesquise muito bem a empresa de cuidadores que vai contratar os serviços OU que cheque todas as informações referentes aos cuidadores autônomos. É importante que o profissional tenha experiência profissional ou familiar e que esteja em constante aprendizado participando de cursos para cuidadores e cursos de atualização.

Após contratar seu cuidador, podemos dar um treinamento para melhor capacitá-lo aos cuidados de seu ente querido. Entre em contato pelo formulário de comentários ou pelo email gerovida@gerovida.com.br

Fazemos orientação em domicílio para adequação das atividades do cuidador com a rotina diária do idoso.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Palestras GeroVida

13/11/2015 - 9:23 Por:

Categoria(s): Palestras

palestras

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Coreografias de Dança Contemporânea

12/11/2015 - 8:24 Por:

Categoria(s): Arte, Curiosidades, Cursos, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Ervas Medicinais, Fita Funcional, Gerontologia, Jogos, Palestras, Poesia, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Sugestão de leituras, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

A GeroVida oferece o serviço de Coreografias.

Seminario_Gerontologia-coreografiaApresentação de coreografias solo de dança contemporânea, com a profissional Wanda Patrocinio.
Estas coreografias podem ser apresentadas em congressos, seminários, simpósios, palestras, entre outros.
Oferecemos também oficinas para orientar profissionais que necessitam realizar montagens coreográficas.

“Cio da Terra”
Tentam impedir nossos sonhos
A gente acorda, come, trabalha, dorme
Em nosso sono não há tempo para sonhar
A gente acorda, come, trabalha, dorme
Damos vida para a terra e nos roubam a terra
Tentam nos impedir de sonhar e viver
Mas temos que acordar, sonhar e transformar

Coreografia e Poesia de Carlos Kiss
Duração 10 minutos

“GeroVida”
Romper o ventre, descobrir o mundo!
Movimentos de liberdade e expressão!
Crescer, evoluir e o quê tem porvir?
Medo, tensão, a vida em constante transformação.
Sofrer.. não! não!… viver a beleza de cada entardecer!
Celebrar a vida. Acreditar na renovação, viver em plenitude e movimento!

Coreografia e Poesia de Wanda Patrocinio
Duração 10 minutos

Montamos coreografias sob encomenda, consulte-nos.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Calêndula

11/11/2015 - 9:31 Por:

Categoria(s): Ervas Medicinais

calendulaNome científico: Calendula officinalis
Indicações: É ótima para todo o tipo de alergias, evita o aborto, combate colite, gases, cólicas intestinais, gastrite. É espectorante, combate cistos, tumores e verrugas. Ótima para lavar feridas e alergias, herpes (tomar ou lavar). Pode ser usada em pomadas e sabonetes para combater doenças de pele.
Não tem efeitos colaterais.
Poder curativo: 42%

Fonte: Livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p.101.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Programa de Educação para o Envelhecimento Saudável

10/11/2015 - 9:18 Por:

Categoria(s): Arte, Curiosidades, Cursos, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Educação, Ervas Medicinais, Fita Funcional, Gerontologia, Jogos, Palestras, Poesia, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Sugestão de leituras, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

Programa de Educação: Envelhecimento Saudável para idosos moradores em comunidades.

Objetivos:

Primeiro-Encontro-ProgEduc

– Implementar um programa de educação popular em saúde para um envelhecimento saudável em duas comunidades na cidade de Campinas, com base na educação dialógica e popular;
– Possibilitar o uso dos conhecimentos adquiridos, habilidades e potenciais das comunidades de forma sustentável e resiliente, auxiliando na melhora da qualidade de vida dos idosos, beneficiando diretamente aproximadamente 30 pessoas e indiretamente uma média de 150 pessoas.

Encontros semanais de 2 horas e trinta minutos para discussão de temas de interesse dos participantes e vivências práticas de autocuidado.
Memória, distúrbios do sono, atividade física, alimentação saudável, saúde bucal, emoções e sentimentos na velhice, uso de medicamentos, instruções sobre saúde, imagem positiva do envelhecimento, violência e maus tratos a idosos e atividades terapêuticas (lian gong, consciência corporal, massagem, argila terapêutica).

Local e período de realização: O trabalho foi realizado em duas comunidades, no salão social da Paróquia São João Batista, vinculada à comunidade Orosimbo Maia; e em uma sala de aula da Igreja Cristo Redentor, vinculada à comunidade Parque da Figueira, município de Campinas, SP, no período de agosto a dezembro de 2009.

Localidades abrangidas: Campinas, região Sul, bairros Orosimbo Maia, Jd. Carlos Lourenço, Jd. Itaiu, Jd Nova York, Parque da Figueira e Nova Europa.

Para que o projeto tenha continuidade nestas e em outras localidades, a GeroVida está em busca de financiamento para poder colocá-lo em prática e beneficiar idosos moradores de comunidades.

Interessados em apoiar esta iniciativa entrar em contato por email:gerovida@gerovida.com.br

Tags: , , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Curso: Como estimular a memória de idosos

9/11/2015 - 9:26 Por:

Categoria(s): Cursos, Gerontologia, Jogos

Olá!

Você tem interesse em saber como o cérebro funciona e como estimular as funções cognitivas por meio de atividades diversas?

Então, clique no link abaixo para conhecer um pouco mais sobre o curso “Como estimular a memória de idosos”.

https://www.youtube.com/watch?v=mRdbQymrqkg

 

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida

Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Atitude

6/11/2015 - 10:06 Por:

Categoria(s): Poesia

olhar-estrelas

Minha esperança perdeu seu nome…

Fechei meu sonho, para chamá-la.
A tristeza transfigurou-me
como o luar que entra numa sala.

O último passo do destino
parará sem forma funesta,
e a noite oscilará como um dourado sino
derramando flores de festa.

Meus olhos estarão sobre espelhos, pensando
nos caminhos que existem dentro das coisas transparentes.

E um campo de estrelas irá brotando
atrás das lembranças ardentes.

(Cecília Meireles)
in ‘Viagem’

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo