Palestra HQI

15/05/2018 - 17:46 Por:

Categoria(s): Educação, Homeostase Quântica Informacional, Palestras, Terapias Complementares

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Erva Santa Maria

19/03/2018 - 9:13 Por:

Categoria(s): Curiosidades, Dicas, Doenças e problemas de saúde, Ervas Medicinais, Qualidade de Vida


Hoje vamos falar dos benefícios da Erva Santa Maria

Nome científico: Chenopodium ambrosioides

Indicações: É poderosa vermífuga. Combate doenças nervosas, hemorroidas, varizes, dores, indigestão, zumbidos nos ouvidos, o suco cura mancha dos pulmões, facilita as menstruações.

Contraindicação: para problemas cardíacos, palpitações, estomago fraco, problemas do fígado e gravidez.

Poder curativo: é de 35%

Sua toxidez: alta, chega a 10%, por isso os adultos podem tomar por 8 dias e as crianças por 5 dias apenas.

Fonte: Livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p.10.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida

Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Como lidar com as emoções e sentimentos na velhice

8/03/2018 - 15:25 Por:

Categoria(s): Dicas, Palestras, Qualidade de Vida, Reflexão, Terapias Complementares

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Dica GeroVida

22/02/2018 - 11:51 Por:

Categoria(s): Dicas, Gerontologia, Qualidade de Vida

Olá Pessoal!

Hoje nossa dica é para facilitar os casos de denúncias.

DISQUE 100 – Modulo Idoso

As denúncias poderão ser anônimas ou, quando solicitado pelo denunciante, é garantido o sigilo da fonte das informações.

O fluxo padrão para os encaminhamento das denúncias registradas no Disque Direitos Humanos é o seguinte:

  • Assistência Social (CREAS- Centro de Referência Especializado da Assistência Social e CRAS – Centro de Referência da Assistência Social);
  • Segurança Pública (Delegacias de Polícia, preferencialmente as especializadas de defesa do idoso);
  • Ministério Público (Promotoria de Justiça de Defesa da Pessoa Idosa, preferencialmente);
  • Conselhos Estaduais dos Direitos do Idoso (para fins de acompanhamento e monitoramento da rede de atendimento).

Curta! Compartilhe! Comente!

Fonte: https://www.facebook.com/pg/Longevida-129576770558920/posts/?ref=page_internal

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

INFECÇÃO URINÁRIA: O QUE DEVEMOS SABER PARA PREVENIR?

17/01/2018 - 15:38 Por:

Categoria(s): Dicas, Doenças e problemas de saúde, Gerontologia, Qualidade de Vida

A pedido de uma leitora, vamos falar sobre infecção urinária. A infecção urinária atinge 10% nos homens e 20% nas mulheres a partir de 65 anos de idade, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia e, após os 80 anos esse número duplica.

A incidência é maior em mulher do que nos homens por causa do tamanho da uretra. A uretra das mulheres mede cerca de 5 cm e, dos homens 22 cm, porém após os 50 anos, a próstata aumenta e pode acontecer de ter dificuldades para eliminar a urina e com isso, aparece as infecções.

A cistite é a infecção mais frequente, mas, pode evoluir para uma pielonefrite (infecção dos rins), por sua vez, é a forma mais grave, pois a bactéria chega até os rins, causando febre e mal-estar. O tratamento é mais prolongado e pode exigir internação.

Quais são os sintomas da infecção urinária?

Dificuldade para urinar, ardência, queimação, urgência para urinar, aumento da frequência, urina em pequena quantidade, sensação de não esvaziamento da bexiga, febre, incontinência urinária (perda involuntária de urina), dor na região abdominal inferior (supra púbica) e sangramento.
A pessoa idosa pode apresentar outros sintomas que não são observados com frequência em jovens como: mal-estar indefinido, falta de apetite, fraqueza, calafrios, confusão mental.

A confusão mental repentina, seguida por esquecimento, troca de nomes e mudança de comportamento, pode ser um dos sinais de infecção urinária em idosos. Esse quadro é bastante comum, mas, como a infecção urinária nem sempre tem sintomas em idosos, muitas vezes podem confundir. Geralmente o idoso não apresenta febre.

Fique atento a isso!

Como diagnosticar?

O diagnóstico da Infecção do Trato Urinário (ITU) é feito pela história clínica, exame físico e por exames laboratoriais que são solicitados pelo médico, dentre eles: exame de urina, hemograma completo e cultura da urina para identificar a bactéria e direcionar o melhor tratamento. Outros exames as vezes são necessários para complementar a avaliação médica como, por exemplo, o ultrassom. Como as pessoas idosas podem apresentar sintomas pouco característicos, a urocultura pode ter grande importância nestes pacientes.

As bactérias que causam ITU no idoso são em geral mais resistentes que na população mais jovem, porque, comumente, o idoso repetiu ciclos de antibióticos que leva a seleção dessas bactérias mais resistentes.

Fatores de risco:

Existem alguns fatores de risco como incontinência urinária, uso de sonda para esvaziar a bexiga, hipertrofia prostática benigna, prostatite, obesidade (devido à dificuldade na higienização), vaginite atrófica, enfraquecimento do assoalho pélvico e deficiência de estrogênio em mulheres, diabetes, ficar segurando o xixi (péssimo hábito, urina que fica parada por muito tempo cria um ambiente que favorece a proliferação das bactérias), bexiga neurogênica, demência, imobilidade, imunodeficiência relacionada à idade, desidratação, comprometimento funcional e contaminação com as fezes e Diabetes.

Alguns cuidados são necessários para evitar a infecção urinária como:

– Orientar o idoso a beber bastante líquido (média de 2 litros por dia), caso não haja nenhuma contraindicação;

-Não segurar o xixi, urinar sempre que tiver vontade;

-Manter o idoso sempre com uma higiene pessoal adequada;

-Lavar com água e sabão neutro a região perianal após as evacuações;

-Evitar o uso indiscriminado de antibióticos, sem indicação médica;

-O banho, sempre que possível, deve ser dado no chuveiro;

-Atenção para a técnica de sondagem, caso seja necessário;

-Manter controle da diabetes, isso ajuda o controle das infecções de repetição;

-Procurar especialista para realizar a avaliação e tratamento mais adequado. Em homens que tem a próstata aumentada é necessário usar medicação para melhorar o esvaziamento bexiga ou partir para tratamentos cirúrgicos que reduz o volume da próstata;

-Banho: lavar bem a região genital e ao redor com água e sabonete neutro ou infantil (não usar sabonetes antissépticos, nem coloridos e nem com muito cheiro) e, não lavar em excesso porque remove a flora natural da pele. Em homens puxar a pele do pênis (prepúcio) para fazer uma higiene mais adequada, retirando os “sebos” (esmegma) e, nas mulheres, abrir os grandes lábios;

-Uso de fralda: nesse caso a atenção deve ser redobrada, deve ter uma rotina de trocas e verificação da fralda. Não deixar muito tempo sem trocar, a urina é ácida e pode provocar assaduras, realizar a troca de 3 em 3 horas. Se possível, colocar a fralda somente no período noturno e, durante o dia estimular o idoso a chamar e/ ou encaminhar ao banheiro e/ ou oferecer o “papagaio”.

Tratamento:

O tratamento é simples, mas é necessária avaliação médica.

-Antibiótico preventivo: tratamento médico que dura em torno de 6 meses e são baixas doses de antibióticos; quem convive com a infecção urinária várias vezes ao ano pode recorrer a esse tratamento;

-Cranberry: recomendam sucos, cápsulas ou a fruta, indicados para o tratamento com a bactéria Escherichia Coli;

-Ingestão de água: mínimo de 2 litros por dia;

-Ingestão de probióticos/ fibras: para auxiliar no bom funcionamento do intestino.

Fonte: https://scaelife.com.br/…/infeccao-urinaria-o-que-devemos-s…

Curta! Compartilhe! Comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Na Natureza Selvagem

21/12/2017 - 18:02 Por:

Categoria(s): Dicas, Reflexão, Sugestão de leituras

Hoje indicamos o filme Na Natureza Selvagem, relata a história de vida do jovem Christopher McCandless. A narrativa é baseada no livro de mesmo nome escrito pelo jornalista e escritor americano Jon Krakauer em 1996. Dirigido e escrito pelo cinegrafista americano Sean Penn foi indicado, em duas categorias do Oscar e venceu o Globo de Ouro de melhor canção.
 
O filme conta a história do jovem Christopher, um jovem recém-formado, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca da liberdade. Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca.
 
Sugerimos assistir o filme e desligar-se do mundo, permitindo-se a entrar dentro do universo do personagem, e dentro do seu próprio universo, da sua própria natureza selvagem, daquilo que é a sua verdade interior.
 
Curta! Compartilhe! Comente!

Tags: ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Douradinha do campo

4/12/2017 - 18:07 Por:

Categoria(s): Curiosidades, Ervas Medicinais, Qualidade de Vida

Hoje vamos falar dos benefícios da erva douradinha do campo

Nome científico: Palicurea rigida

É diurética nas dificuldades de urinar, bom para inflamações da bexiga e elimina os cálculos.

Indicações: Combate alergias, eczemas e edemas.

Poder curativo: é de 42%

Sua toxidez: sem toxidez

Fonte: Livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p.106.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida

Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Dica GeroVida

17/11/2017 - 18:14 Por:

Categoria(s): Curiosidades, Dicas, Gerontologia

Um dos problemas mais comuns que afeta a população idosa é a alta frequência de quedas, sendo que um terço das pessoas com 65 anos ou mais cai ao menos uma vez ao ano e a metade desses casos é recorrente. Essa proporção aumenta com pessoas com mais de 70 anos, algumas vezes resultando em fraturas e eventos fatais. A queda é a principal causa de internação hospitalar na população com 60 anos e mais e de acordo com o Censo de 2000 foram responsáveis por 56,1% do total de internações em ambos os sexos. Dessa forma é fundamental a prevenção de quedas na velhice.
http://www.portaldoenvelhecimento.com.br/alteracoes-do-equ…/

 

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Dente-de-leão

14/11/2017 - 13:46 Por:

Categoria(s): Dicas, Ervas Medicinais, Tratamento de Doenças

Olá Pessoal !

Hoje vamos falar dos benefícios do dente-de-leão

Nome científico: Taraxacum officinale

É depurativo, bom para o fígado e para a pele, abre o apetite, combate prisão de ventre.

Seu suco tomado com água é vantajoso fortificante dos nervos.

 Indicações: estimula a vesícula.

Contra-indicação: para pressão alta

Poder curativo: é de 37%

Sua toxidez: sem toxidez          

Fonte: Livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p.106.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida

Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Ervas Medicinais – Crajiru Pariri

20/10/2017 - 10:36 Por:

Categoria(s): Curiosidades, Dicas, Ervas Medicinais, Qualidade de Vida

 

Olá Pessoal!

Hoje vamos falar dos benefícios do Crajiru Pariri

Nome científico: Arrabidaea chica

É uma planta com poder de cura altíssimo. Pode-se usar a planta toda.

 Indicações: é excelente para combater câncer, toda espécie de herpes e infecções, colites, úlceras, gastrite, anemia e boa para prostatite.

Contra indicação: nenhuma

Poder curativo: é de 60%

Sua toxidez: baixa.

Fonte: Livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p.106.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida

Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Página 1 de 3123