Síndrome Metabólica

23/01/2013 - 17:41 Por:

Categoria(s): Doenças e problemas de saúde, Gerontologia

Síndrome Metabólica (SM)

Com maior acesso a alimentos industrializados, ricos em gordura, açúcar e sódio e a automatização de muitas atividades cotidianas, o estilo de vida da sociedade sofreu uma forte mudança. Tal transformação, tecnológica e social, gerou um grande impacto na saúde das pessoas, tornando-as mais vulneráveis à síndrome metabólica.

A SM é o conjunto de múltiplos fatores de risco, para diversas doenças, que têm origem metabólica e estão fortemente associados entre si. Dentre os elementos que a compõem, destacam-se:

  • a resistência à insulina, presente em indivíduos com obesidade e, ou, com a circunferência abdominal aumentada;
  • a alteração da glicemia (em jejum > 110mg/dL);
  • a dislipidemia aterogênica – colesterol HDL baixo, triglicerídios (TG) aumentados e colesterol LDL com partículas pequenas e densas;
  • a pressão arterial elevada;
  • e os níveis aumentados de glicose sanguínea e de ácido úrico.

A Federação Internacional de Diabetes (IDF) tem alertado para a necessidade de se incorporar outros critérios diagnósticos, de modo a aumentar o valor preditivo para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares e, mesmo, do diabetes, como o estilo de vida (sedentário), a idade e o balanço hormonal, bem como a predisposição étnica e genérica.

Recomendações

Toda ênfase deve ser dada para as modificações do estilo de vida por meio da perda de peso, prática regular de atividade física e adoção de hábito alimentar saudável, respeitando as necessidades e limitações de cada faixa etária.

A abordagem nutricional e com exercício físico devem ser estimuladas, pois também contribuem para o controle da obesidade, da hipertensão, do diabetes e da intolerância à glicose. A redução de 7 a 10% do peso corporal inicial em um período de 6 a 12 meses promove um bom controle de todos os fatores de risco associados à SM.

Bibliografias Utilizadas:

 

LUDWIG, M. W. B., BORTOLON, C., FEOLI, A. M., MACAGNAN, F. E., OLIVEIRA, M. S. Ansiedade, depressão e estresse em pacientes com síndrome metabólica. Arquivos Brasileiros de Psicologia, n.64, vol. 1, pp. 31-46, 2012.

MAGALHÃES, M. E. C., BRANDÃO, A. A., POZZAN, R., FREITAS, E. V., CAMPANA, E. M. G., BRANDÃO, A. P. Síndrome Metabólica. In: FREITAS, E. V. et al. (orgs.). Tratado de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro: Guanabara, p. 406-409, 2011.

PENALVA, D. Q. F. Síndrome metabólica: diagnóstico e tratamento. Rev. Med., n. 87, vol. 4, pp. 245-50, 2008.

Por: Roberta dos Santos Tarallo.

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Cuidado e Cuidadoras

26/12/2012 - 14:05 Por:

Categoria(s): Sugestão de leituras

Sugestão de Leitura 184

Cuidado e Cuidadoras: As várias faces do trabalho do care. Organizado por Helena Hirata e Nadya Araújo Guimarães. Editoras Atlas, 2012.

SUMÁRIO
Introdução (Helena Hirata e Nadya Araújo Guimarães)

PARTE 1 – Care, trabalho e emoções
1 – A economia do care (Viviana Zelizer)
2 – Ética e trabalho do care (Pascale Molinier)
3 – As emoções do care (Angelo Soares)

PARTE 2 – Configurações sociais do care
4 – Rumo a uma sociologia econômica do trabalho do care: comparando configurações em quatro países europeus (Miriam Gluschsmann)
5 – Cuidado e cuidadoras: o trabalho do care no Brasil, França e Japão (Nadya Araújo Guimarães, Helena Hirata e Kurumi Sugita)
6 – O care como um regime estratificado: implicações de gênero e classe social (Bila Sorj e Adriana Fontes)

PARTE 3 – Care, políticas públicas e profissionalização
7 – Cuidadoras domiciliares: que tipo de profissionalização? (Thierry Ribault)
8 – Como tornar visível o trabalho das cuidadoras domiciliares? O caso das políticas em relação à dependência na França (Loïc Trabut e Florence Weber)
9 – Cuidado de longa duração para a população idosa: um novo risco social a ser assumido? (Ana Amélia Camarano)
10 – Care e políticas públicas: o caso das “agentes comunitárias de saúde” e das “agentes de proteção social” (Isabel Georges e Yumi Garcia dos Santos)

PARTE 4 – Care e migrações internacionais
11 – Nos bastidores do livre mercado local: babás e mães de aluguel (Arlie Hochschild)
12 – O trabalho de care dos acompanhantes. Imigrantes filipinas em Tóquio (Rhacel Salazar Parrenãs)
13 – Imigrantes, Estado e família: o cuidado do idoso e suas vicissitudes (Guita Debert)

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Dra. Wanda Patrocinio com Dr. Alexandre Kalache em Convenção da Home Angels

9/12/2012 - 19:51 Por:

Categoria(s): Educação, Gerontologia

Alguns meses atrás, um dos diretores do Grupo Zaiom me solicitou que indicasse alguns nomes para participar da 1ª Convenção Nacional da Home Angels. Minha primeira sugestão foi nosso grande expoente Dr. Alexandre Kalache. E não é que deu certo!!! Na quinta, dia 06/12, à tarde, a gerente da Home Angels me deu a incumbência de recepcionar o Dr. Kalache e acompanhá-lo em todos os momentos do primeiro dia da Convenção. Esta foi uma das melhores tarefas que já recebi, estar ao lado desta grande figura!!! A palestra dele foi excelente. Tudo aquilo que eu acreditava se confirmou, um profissional brilhante e muito sensível. Para mim, foi uma grande honra e uma gratidão enorme poder vivenciar este momento. Muito obrigada!!!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Palestra com Alexandre Kalache

25/11/2012 - 19:17 Por:

Categoria(s): Educação, Gerontologia

A GeroVida divulga a palestra com o dr. Alexandre Kalache, que foi Diretor do Programa Global de Envelhecimento e Saúde da OMS e atualmente ele é Presidente do Centro Internacional da Longevidade ILC-Brasil.

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Idosos, Família e Cultura

12/11/2012 - 15:22 Por:

Categoria(s): Gerontologia, Sugestão de leituras

Sugestão de Leitura 183

Idosos, família e cultura: um estudo sobre a construção do papel do cuidador. Organizado por Silvia Maria Azevedo dos Santos. Campinas, SP: Editora Alínea, 2010. (3ª edição)

Sugestão atualizada do post 46 (nova edição).

SUMÁRIO

Prefácio – Anita Liberalesso Neri

Apresenta̤̣o РSilvia Maria Azevedo dos Santos

CAPÍTULO 1 – O Cuidado a Idosos Fragilizados no Âmbito da Família: Questões que se Propõem à Teoria e à Pesquisa em Gerontologia e às Políticas Públicas em Relação a Velhice.

Para que necessitamos de tipologias do cuidador familiar?

A pesquisa envolvendo cuidadores familiares: dados brasileiros.

O público e o provado, no que tange ao atendimento das demandas dos idosos.

O cuidado prestado em domicílio e as políticas públicas.

CAPÍTULO 2 – Um Estudo em Família de Origem Nipo-brasileira e Brasileira: Objetivo, Pressuposto, Sujeitos e Procedimentos de Coleta e de Análise de Dados.

Entrada no campo de estudo.

Escolha de informantes.

Defesa dos direitos dos informantes e seus familiares.

Coleta de dados.

Análise dos dados

CAPÍTULO 3 – O Processo de (Con)Viver e Cuidar de Adultos e Idosos Dementados.

A construção da demência como doença e a ressignificação do familiar como doente.

O cuidador familiar na sua pluralidade.

A complexidade do processo de cuidar.

O grupo doméstico e a dinâmica de interações com o cuidador familiar.

Tensões, dilemas e conflitos vividos pelos cuidadores.

CAPÍTULO 4 – Reflexões sobre Condições de Cuidador Familiar de Idosos Dementados.

Referências.

 

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

CONHECIMENTO: uma estratégia para o envelhecimento saudável

30/10/2012 - 15:06 Por:

Categoria(s): Educação, Gerontologia

O envelhecimento é entendido como um processo contínuo, universal, natural e engloba todas as fases da vida, desde a concepção até a finitude, levando em consideração os aspectos biológicos, psicológicos e socioambientais. Com isso, envelhecer é a relação entre o que a pessoa é, o que ela possui e o que a circunda, pois estão envolvidos fatores comportamentais, como hábitos de vida, ajustes e adaptações físicas e psíquicas; fatores sociais, como acesso e participação ativa, bom atendimento e amparo dos serviços em gerais; entre outros determinantes que exercem certa, ou total, influência na pessoa (MOSQUERA & STOBÄUS, 2012).

O envelhecimento saudável enfatiza a otimização das vivências humana, onde cada pessoa terá um ritmo e uma direção ao longo da vida; essas mudanças tendem a ter ganhos e perdas bem equilibradas (MOSQUERA & STOBÄUS, 2012). Desse modo, o envelhecimento saudável está diretamente relacionado com uma educação continuada, interativa, informativa, dinâmica, flexível e, acima de tudo, significativa, que vise à saúde do indivíduo e à preservação do seu meio (MOSQUERA& STOBÄUS, 2012). Assim, o conhecimento proporcionará uma reformulação de todo o universo pessoal do sujeito, que almeja o aprender, seja no plano interno (consigo), seja nas suas relações (FERREIRA&SILVA, 2012).

Essa busca por conhecimento se inicia com um estímulo, muitas vezes, atribuído às demandas, internas e, ou, externas, da pessoa que o deseja. A motivação, pelo aprender, dar-se-á por diversas razões, por vezes, voltadas mais pelas questões psicológicas, mas também socioculturais, como o prazer, o desafio, o sucesso, a raiva, a angústia, a ansiedade ou, mesmo, o abandono perante o insucesso, a desvalorização (FERREIRA&SILVA, 2012). As atividades cotidianas, sociais e de lazer também têm um efeito assertivo na manutenção da cognição e, consequentemente, do envelhecimento, pois o apoio e o suporte social favorecem, intimamente, de modo positivo a saúde e a promoção do autocuidado (MOSQUERA & STOBÄUS, 2012).

REFERÊNCIAS

FERREIRA, A. J. e SILVA, R. F. D. Uma Leitura da Educação e do Ensino. In: FERREIRA, A. J. et al. Educação & envelhecimento. Dados eletrônicos – Porto Alegre: EdiPUCRS, 2012, cap.3, pp.31-37.
MOSQUERA, J. J. M. e STOBÄUS, C. D. Envelhecimento Saudável: Educação, Saúde e Psicologia Positiva. In: FERREIRA, A. J. et al. Educação & envelhecimento. Dados eletrônicos – Porto Alegre: EdiPUCRS, 2012, cap.10, pp.14-22.

Por: Roberta dos Santos Tarallo.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Curso de Especialização em Gerontogeriatria à distância

30/08/2012 - 13:07 Por:

Categoria(s): Educação, Gerontologia

O curso de Gerontogeriatria da Unilins coordenado pela professora Wanda Patrocinio será realizado totalmente à distância, com apenas duas aulas presenciais, a de abertura e a de fechamento do curso.

Aula inaugural no próximo dia 01 de setembro de 2012.

Mais informações sobre o curso no link:

http://www.unilins.edu.br/newsletter/pos_graduacao/gerontogeriatria

Para a aula inaugural, mensagem da pós-graduação:

Prezados candidatos, bom dia!

Informamos que neste sábado, 01/09/2012, às 8:30, na sala 32, haverá aula inaugural na cidade de Lins do curso de Pós-Graduação em Gerontogeriatria-EAD, com a coordenadora do curso Professora Wanda Patrocinio.

Os candidatos deverão comparecer com os documentos abaixo, bem como efetuar o pagamento da primeira parcela (em dinheiro ou cheque pré-datado no valor de R$ 290,00 para 10/09/2012):

Documentos: 2 cópias de cada, sendo uma via autenticada ou apresentação dos originais:

RG, CPF, Título eleitoral, reservista (para homens) Certidão de nascimento ou casamento, Comprovante de Residência, Histórico e Diploma da Graduação, 2 fotos 3×4.

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comments (1)     Indique esse artigo Indique esse artigo

Os desafios da Gerontologia no Brasil

30/07/2008 - 18:19 Por:

Categoria(s): Educação, Gerontologia, Sugestão de leituras

Sugestão de leitura 28

“Os desafios da Gerontologia no Brasil”, de Andrea Lopes. Campinas, SP: Editora Alínea, 2000.

A autora demonstra como as trilhas seguidas pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia se entrelaçam com a transformação da velhice em questão digna de atenção pública, com o desenvolvimento de um novo campo de atuação profissional envolvendo diversas especialidades e com a instigação de pesquisadores de várias áreas para gerar informação sobre a velhice e o envelhecimento. Na ótica da pesquisadora, essas trajetórias têm uma dinâmica peculiar que não exclui conflitos de interesses, questões ideológicas e relações de poder entre pessoas e instituições.

Tags: ,


Veja Também:

Comments (2)     Indique esse artigo Indique esse artigo

Página 22 de 22« Primeira página...10...1819202122