Formas de execução de alongamento muscular e contraindicações

31/08/2017 - 11:33 Por:

Categoria(s): Dicas, Doenças e problemas de saúde, Qualidade de Vida

É fácil aprender a fazer alongamentos, mas como todo exercício físico, necessita de cuidados e atenção em sua execução.

Curiosidade!

Procure ir a um parque em qualquer período do dia, com certeza você verá muitas pessoas realizando os mais variados exercícios físicos e dentre eles os chamados “alongamentos”. Infelizmente, devido a uma má ou total falta de orientação, esses exercícios na maioria das vezes são feitos de maneira inadequada, não produzindo nenhum efeito ou ainda pior, colocando em risco a integridade física de seus praticantes.

O modo certo é alongar relaxando em um movimento instável, ao mesmo tempo em que a atenção se focaliza sobre os músculos que estão sendo alongados.

O modo errado é balançar-se para cima e para baixo, ou alongar-se até sentir dor, causando mais danos do que benefícios.

Para realizarmos os exercícios de alongamento corretamente é necessário seguir alguns preceitos:

  • O movimento deve ser longo e estável, ao mesmo tempo em que sua atenção permanece focalizada sobre os músculos que estão sendo trabalhados;
  • Ao atingir o limite de seus movimentos, pare e mantenha cada posição por um tempo aproximado de 10 a 20 segundos. É errado e perigoso balançar-se para forçar o limite do músculo e alongá-lo até sentir dor;
  • Saia de cada posição de alongamento bem devagar, procurando relaxar completamente;

Encerre o trabalho procurando soltar bem todos os músculos que foram alongados.

Em relação às contraindicações, elas são inexistentes. O que existe são recomendações de acordo com a condição física da pessoa.

Sendo assim, você estará apto para realizar qualquer alongamento desde que seja devidamente orientado por um profissional qualificado, educador físico ou fisioterapeuta.

Fonte: Portal Educação

Contribuição enviada por Daliane Batista Cardoso*

* Educadora física, parceira da GeroVida no envio de artigos para o blog.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida

Curta, compartilhe, comente!

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Exercícios físicos e seus benefícios no tratamento das doenças

28/03/2017 - 9:01 Por:

Categoria(s): Dicas, Sem categoria, Sugestão de leituras, Tratamento de Doenças

Sugestão de leitura 225

Exercícios físicos e seus benefícios no tratamento das doenças
Autor: Alexandre Arante Ubilla Vieira
Edição: 1ª
Ano:2015
Editora: Atheneu

Este livro tem por proposta a valorização do exercício físico como instrumento terapêutico em várias doenças, adequando-o de modo a não trazer efeitos prejudiciais à saúde.
Aborda doenças como câncer, epilepsia, transtornos, psicológico, fibromialgia, distúrbios do sono, transtornos alimentares, obesidade, cardiopatias, LER e DORT, osteoporose, Aids, diabetes, hepatite, hipertensão arterial, distúrbios do sistema respiratório e posturais, e acidente vascular encefálico.

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Cebola

7/11/2016 - 9:26 Por:

Categoria(s): Ervas Medicinais, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

cebolasNome científico: Allium cepa
Indicações: combate febre, melhora as afecções da garganta, combate a prisão de ventre, tosse, bronquite e catarro. É boa para diabéticos. Abre o apetite. Combate enfermidades cardíacas. Desintoxica o fígado quando comida crua.
Deve ser evitada por quem tenha estômago fraco, gastrite, úlcera, colite, cistite, ácido úrico e poroblemas sérios nos rins.
Toxicidade: mínima.
Poder curativo: 33%.

Fonte: Livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p.103.

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Homeostase Quântica Informacional para o envelhecimento saudável

21/03/2016 - 9:47 Por:

Categoria(s): Cursos, Gerontologia, Qualidade de Vida, Reflexão, Sem categoria, Terapias Complementares, Tratamento de Doenças

Olá!

Convidamos você para assistir o depoimento de um especialista: https://www.youtube.com/watch?v=sQzOSQseRcI

GeroHQI

Conheça o Facebook da GeroVida em https://www.facebook.com/GeroVida
Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo

Tétano

7/08/2014 - 9:05 Por:

Categoria(s): Terapias Complementares

Tétano

 tétanoÉ doença infecciosa causada por uma bactéria que, geralmente, entra por ferimentos que ocorrem em nosso corpo.

 Causas:

Рmat̩rias estranhas acumuladas no organismo, sobretudo nos intestinos, as quais entram em fermenta̤̣o preparando o terreno para infec̤̣o com o bacilo de Nicolaier;

– falta de higiene;

Рa entrada do bacilo tet̢nico pode acontecer com qualquer ferimento ocasionado com prego enferrujado, lata, arame, agulha, mordida de animal, etc. Por esses ferimentos entram as bact̩rias que fazem todo o estrago.

 Sintomas

– endurecimento do queixo e músculos do pescoço e rosto. Mais ou menos uma semana depois da entrada do bacilo tetânico no ferimento, que dói muito;

Рdor de cabe̤a, calafrios e febre forte;

Рo sistema nervoso e a coluna ṣo muito agredidos a tal ponto que podem paralisar membros inferiores e superiores;

Рconvulṣo violenta;

Рa pessoa ṇo suporta nenhum barulho, o qual pode ocasionar contra̵̤es musculares e espasmo;

Quem foi vacinado contra o tétano costuma ser afetado pelas bactérias do tétano, mas não se desenvolve o tétano como tal.

 Tratamento:

Descrevemos abaixo alguns tratamentos indicados pelo autor:

– em primeiro lugar combater a forte febre interna;

– aplicar argila misturada com o chá de cipó-mil-homens sobre o local do ferimento e sobre os intestinos;

– lavar bem as feridas com água e sabão ou cozimento de cavalinha e tansagem;

– tomar bastante água natural, suco de limão e sucos naturais de frutas e verduras;

– comer somente frutas e verduras frescas, raízes e batatas;

– plantas indicadas: carobinha do campo, cipó-açougue, cipó-mil-homens; cipó-suma, cordão de frade, entre outras.

Do livro “Existem doenças incuráveis?”, de Jaime Brüning, 2003, p. 268-269.

Caro leitor, nosso blog se preocupa com a saúde e o bem estar de todas as pessoas. Desenvolvemos um trabalho na área de terapias complementares, porém gostaríamos de salientar que qualquer tratamento aqui sugerido não dispensa uma orientação médica ou qualquer orientação na área que você esteja precisando. Isto significa que os tratamentos com argila terapêutica e outros devem complementar o tratamento já realizado, mantendo sempre o acompanhamento médico. Além disto, sugerimos que aquelas pessoas que já estão em tratamento e que resolvam usar algum tratamento complementar, que comuniquem o profissional que acompanha seu caso.

Atenciosamente,
Equipe GeroVida

 OBS. 1: Não realizamos orientações de tratamentos à distância. O ideal é procurar um terapeuta pessoalmente para receber as informações para o seu caso e depois será possível dar seguimento ao tratamento em sua residência.

OBS. 2: Damos cursos à distância sobre terapias complementares e gerontologia. Os interessados deverão acessar o link:

http://www.gerovida.com.br/gerontologia/produto/cursos/curso-argila-terapeutica.htm

Conheça o Facebook da GeroVida em:

https://www.facebook.com/GeroVida

Curta, compartilhe, comente!

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Indique esse artigo Indique esse artigo